inFoco

Podemos ver a beleza em tudo, mas não porque tudo seja belo, mas porque nosso olhar é especial! 

Oferecemos cursos e oficinas desta prática que é mais que fotografia, é uma prática ligada à meditação e também uma técnica que pode abrir a visão e até mesmo melhorar a qualidade de vida! Fotografia Contemplativa, pode ser entendida como um estado mental aberto, curioso, sem julgamento, concentrado em apenas ver. Antes de uma técnica de fotografia é uma forma de ver o mundo e de viver. É a experiência visual direta, não conceitual, ou seja, a pura percepção. É uma prática ligada à meditação que, buscando ver a realidade sem pré-conceitos, fórmulas, definições, ansiedades, objetivos, apenas ver, visa trazer nossa visão para o presente, para o dia-a-dia, para o real, abrindo nossos olhos e permitindo ver o “novo” no cotidiano, ver beleza e criar arte. A proposta é trazer a arte para a vida cotidiana, e a vida cotidiana para a arte, entendendo que as boas imagens não estão no raro e no inusitado, ou no diferente, mas em tudo. Mas nossos olhos da razão (olhar conceitual) não enxergam isso. Os do coração, da percepção, dos sentidos, sim (percepção)!


R$250,00

10h/aula

Requisito: nenhum.

Vantagens: você faz onde estiver, no seu tempo.

Quando? A qualquer momento, você faz seu horário.

Como funciona: Ao se inscrever você receberá videos, textos e exercícios, e vamos acompanhar e ver cada etapa, e você só vai para o exercício seguinte se entender o anterior.

 

Básico

Temos também o Curso Avançado que é pensado para quem já conhece e entende a Fotografia Contemplativa, pratica, e agora quer aprimorar seus conhecimentos e até mesmo começar a ensinar outras pessoas. 

Conteúdo:

  • Fotografia Contemplativa (Leia mais sobre...)
    - O que é
    - História
    - Como fazer
    - Exercícios práticos
    - Vista das fotos feitas nos exercícios

Ao contrário dos demais tipos de fotografia, a Fotografia Contemplativa não pode ser definida pelo seu resultado. Ou seja, ao olhar uma fotografia nunca podemos dizer se é ou não Fotografia Contemplativa. É preciso saber como foi feita. Se foi feita como uma prática contemplativa, com o uso da percepção, e não de conceitos, ela será uma Fotografia Contemplativa. Essa prática coloca a fotografia presente em nosso dia-a-dia e busca mostrar a riqueza e beleza do cotidiano, normalmente ocultos pela visão conceitual, bem como nos reconectar à nossa própria percepção. Se busca ter "o bom olho", ou seja, ver com clareza e frescor, clicar com o coração, notar os milagres do dia-a-dia que normalmente passam despercebidos. É um conceito de fotografia muito diferente, onde o importante é o fazer, e não o resultado.

"A Fotografia Contemplativa é, acima de tudo, ter a percepção aberta, sair do automático, e apreciar o mundo. Esta prática se origina em ensinamentos budistas e de meditação, mas não é uma prática religiosa, apenas uma nova forma de ver o mundo. " - Yuri Bittar

Yuri Bittar

Sobre o Professor:

Yuri Bittar é fotógrafo desde 1998, designer (Mack) historiador (USP) mestre em Ensino em Ciências da Saúde (UNIFESP). É instrutor de Mindfulness certificado pelo Mente Aberta Brasil, e professor de Fotografia Contemplativa há 6 anos, tema sobre o qual desenvolve doutorado. Através da história oral, da fotografia, da literatura e outros recursos, tem buscado criar projetos mais próximos ao humano e que contribuam para a melhora da qualidade de vida.

"Acredito que a fotografia pode e deve estar presente no dia-a-dia, como trabalho, como expressão artística e como registro, e ainda como oportunidade para o relacionamento humano, para conhecimento e auto-conhecimento."

Mais sobre Yuri: www.yuribittar.com

 

Depoimentos de alunos:

"El curso me pareció muy bueno, de hecho has despejado todas mis dudas , sé acerca de la complejidad de la fotografia contemplativa y siento que este primer nivel esta bastante claro y además es bastante motivador y da ganas de continuar ,creo que es importante que todo fotográfo haga esta práctica alguna vez ya que lo aprendido es muy valioso tanto para la foto como para uno mismo , definitivamente lo recomendaría". Carola Requena, Lima, Perú

"Quando eu recebi o quinto módulo pensei que seria apenas o fechamento sem uma tarefa de fotografia. Mas depois eu reli o seu texto e percebi que seria um fechamento com fotografias. Yuri, quero agradecê-lo pelo seu trabalho. Você transmite tranquilidade, segurança e é muito didático. Posso qualificar esse curso como divisor de águas. Avivou em mim a atenção para a experiência na fotografia. O seu curso é a distância, mas o seu acompanhamento eu o qualifico como presencial porque é individualizado de acordo com o momento do aluno". Elza, Goiás, Brasil

"Enfim tudo isso, em especial as caminhadas, serviram-me muito para reaprender a olhar, a acalmar o olhar e acalmar meu estado de espirito, inclusive relaxar-me diante das tensões do dia a dia - a maioria das caminhadas eu fiz no jardim do complexo educacional em que leciono, antes de meu período de aula, dando-me muita calma no momento de trabalhar". João César - professor, São Paulo, Brasil

Exemplos:

in red

 Miksang

 Vibrant Colors in my mind

  Dishes

  Fechado

  Miksang em JP

  Miksang na Pompéia, 02/02/2013

   São Paulo, junho de 2014

 

inFoco - Instituto de Fotografia Contemplativa
São Paulo SP, Brasil
Copywrite 2017-2018
Contato: yuribittar@gmail.com
logo infoco